AVL - Academia Volta-redondense de Letras
Fundação

A história da criação da AVL envolveu muitos esforços, ideais e sonhos de vários notáveis intelectuais, escritores e artistas da cidade, que, envolvidos com a cultura regional, vislumbraram a criação de uma entidade capaz de congregar escritores e acadêmicos em torno da missão de contribuir com a perpetuação da língua portuguesa e da cultura brasileira com as vivências desta região tão fértil artisticamente.

Um marco importante da criação da AVL foi reunião entre os fundadores e intelectuais, em 04 de Janeiro de 2005. A ata de fundação data de 11 de março de 2005, em seção presida pelo primeiro presidente, José Pedrosa (Cad.1) e secretariada pela acadêmica Mércia Christani (Cad.7).

A logomarca da AVL, foi criada pelo artista plástico volta-redondense Afrânio Moutinho, a convite da acadêmica Elisa Carvalho (Cad.2).

A cerimônia de posse dos fundadores, em 2005, foi marcada por muita emoção. O emblemático poema “ Os sapos”, do patrono da AVL, Manuel Bandeira, foi declamado nesta ocasião pelo ator Feliph Fagundes, que foi ovacionado pelos presentes.

EM BREVE: mais detalhes históricos.